Turbobrake

14 / 10 / 09

O turbobrake é um sistema de freio motor muito eficaz e sem desgaste, pois  a potência de frenagem do motor a 2500 rpm é 1,5 vezes superior comparada a do sistema convencional de estrangulador constante/válvula de escape. O turbobrake está localizado no turbocompressor convencional. A característica principal é um dispositivo de condução de ar conectável auxiliarmente (aletas de condução), situado na parte interna da turbina de gás de escape. Sempre que  for necessário uma maior potência ao frear, se introduzirá uma aleta anular na entrada da turbina. Desta forma, reduz a seção transversal da vazão provocando aceleração dos gases de escape, que aumentam o número de rotações do turbocompressor. Consequentemente, o incremento da pressão aumenta a eficácia do freio motor. O turbobrake é ativado mediante a alavanca situada, a direita do volante.

 

Vantagens:

– Incremento da potência de frenagem em até 50% a 2500 rpm, comparado com o sistema convencional de estrangulador constante/válvula de escape

– Redução de peso em relação a um retardador convencional

– Aumento da velocidade média operacional com segurança.

– Redução do tempo de viagem

– Aumento da economia de combustível

– Menor número de trocas de marchas

– Redução do “stress” do operador

– Facilidade de operação devido à simplicidade do sistema.

Tags:

1 Comentário;

  1. Fábio disse:

    Pode-se operar a 2.500 rpm um Axor (457 LA) com Turbo-Brake? Não é o que diz o manual do veículo, nem as cores do tacômetro.

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK