Transportadora Brasil Central testa modelo Axor 2644

08 / 10 / 14

Após período de demonstração, empresa aprovou o desempenho do veículo.

 OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A empresa Transportadora Brasil Central é mais um dos casos de sucesso de clientes que passaram pela fase de testes  e  ficaram satisfeitos com o resultado obtido.

O modelo escolhido foi o Axor 2644, que por um período de cinco meses rodou as estradas sob o comando dos motoristas da empresa. Para Glorivan Parreira França, diretor geral da Transportadora Brasil Central, o caminhão foi uma surpresa nos quesitos economia e conforto de cabina. “Entre os dois concorrentes de melhor média na frota, o Axor 2644 está mais econômico que o segundo lugar e empatando com o primeiro. O que mais destaco é o consumo de combustível e a satisfação do motorista.”

Para Glorivan, a fase de teste foi fator determinante para que sua empresa entrasse em negociação com o concessionário. Além das funções do veículo, o cliente afirma que os relatórios do FleetBoard são muito importantes no processo de escolha.

A Transportadora Brasil Central possui uma frota de mais de 200 veículos e com o auxílio da equipe de demonstração da Mercedes-Benz busca aumentar ainda mais essa quantidade. Se você quer passar por uma experiência de compra parecida com a da empresa da região Centro-Oeste do país, procure o quanto antes o concessionário mais próximo para obter mais informações. Acesse: http://mercedesbenz.com.br/concessionarios

Tags:

6 Comentários:

  1. Andre oliveira disse:

    Como fã da marca não posso deixar de expor os pontos negativos.O único defeito da linha Axor é o consumo, tirando isso é um excelente caminhão e que melhorou ainda mais agora com o conceito Econfort.A MB tem uma legião de fãs que foi esquecida por um tempo, é hora de recuperar o tempo perdido.No desenvolvimento de novos produtos é bom também ouvir nós motoristas afinal, somos nós que usamos seus produtos e somos desprezados em muitos casos, fica o recado.

    • Mercedes-Benz disse:

      Olá Andre! A Mercedes-Benz acredita que ouvir nossos clientes e admiradores é essencial. Por isso, o seu comentário será direcionado para conhecimento dos responsáveis. Aproveitando, o consumo de veículos comerciais é um fator que varia de acordo com diversos fatores como o peso da carga, o terreno onde você roda, o tipo de condução, entre outros detalhes. Assim, se você acredita que o consumo de seu Axor está além do esperado, considerando tais fatores, encaminhe-o para avaliação em um concessionário. Os contatos estão disponíveis pelo link http://www.mercedes-benz.com.br/concessionarios. 😉

  2. HELIO disse:

    O 3340 CANAVIEIRO TEM UM PROBLEMA GRAVE, QUANDO OS PARAFUSOS DA CHAVE DE SETA SOLTA TRAVA O VOLANTE JÁ ACONTECEU COMIGO FAZ 8 ANOS QUE TRABALHO EM UM 3340

    • Mercedes-Benz disse:

      Olá, Helio! Se está tendo dificuldades com seu caminhão, entre em contato com a concessionária mais próxima e agende uma visita. Assim, o consultor poderá analisar seu veículo e verificar o que está acontecendo. Se preferir, é só acessar http://ow.ly/CHkAv, inserir seu CEP e você encontrará a autorizada mais perto de você. Abraços!

  3. paulo cesar melo disse:

    olha em maceio quem comprou 2644 nao esta tao satisfeito como a brasil central os caminhoes gastam muito…o cambio automatico nao funcionam corretamente..

    • Mercedes-Benz disse:

      Oi, Paulo! O consumo dos veículos comerciais pode variar muito de acordo com a aplicação, o modo de condução, o terreno onde trafega, entre outros fatores. Quanto ao câmbio automático do caminhão, não temos informações sobre dificuldades. Se você notar qualquer alteração no desempenho do seu veículo, encaminhe-o até a concessionária mais próxima para que ele seja analisado por nossos consultores, ok? Se preferir, os contatos das revendas homologadas estão disponíveis no link http://ow.ly/CAlF3. Até mais!

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK