Sabe tudo sobre caminhão? Conheça alguns mitos e veja se você está agindo certo com o seu bruto.

02 / 12 / 16

caminhoes_23.11-_blog

Os longos anos de estrada e a experiência adquirida atrás do volante são extremamente preciosos e formam caminhoneiros mais preparados para enfrentar o dia a dia. Entretanto, essa mesma experiência pode trazer vícios e manias prejudiciais. Confira alguns mitos desvendados por profissionais mecânicos e engenheiros.

  Aquecer o motor.

 Desde que existe a injeção eletrônica e óleos lubrificantes mais modernos, não há mais necessidade de aquecer o motor durante 10-15 minutos antes de sair rodando. Além disso, as diversas áreas do caminhão não recebem nenhum tipo de calor com o caminhão estático, incluindo o sistema de freios, embreagem, caixa de transmissão e rolamentos. O único sistema que requer um pequeno tempo de espera para entrar em perfeito funcionamento são os freios a ar, mas apenas alguns minutos são suficientes para encher as bolsas.

 Tirar a válvula termostática.

 A válvula termostática é responsável por regular o fluxo do líquido de arrefecimento entre o motor e o radiador. Em casos de superaquecimento do motor, ela libera o líquido para o radiador, resfriando o sistema. Ao retirar a válvula, o líquido se mantém circulando apenas no motor, aumentando a temperatura e diminuindo o seu desempenho em até 50%.

 Acelerar ao ligar o motor.

 Muitos motoristas acreditam que, acelerar o motor ao ligar ou desligar o caminhão, ajuda a lubrificar o motor, mas o fato é que acontece justamente o contrário. A bomba de óleo não consegue lubrificar todo o motor instantaneamente, portanto ele acaba girando sem a lubrificação adequada e danifica o sistema. O mesmo acontece com a turbina ao desligar o caminhão em alta rotação, que fica girando sem estar sendo lubrificada.

 Usar aditivo no radiador.

 Os aditivos do radiador possuem duas funções essenciais para o bom funcionamento do caminhão:

 1) Seus elementos anticorrosivos circulam pelo motor e o deixam protegido contra corrosão e ferrugem.

 2) Ele tem a capacidade de alterar as propriedades químicas da água, evitando que ela evapore em temperaturas muito altas e que congele no caso de frio intenso.

 Aproveite nossas dicas e boa viagem! 😉

Tags:

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK