Operação Corta Fogo reduziu em 22,6% as queimadas em estradas

12 / 12 / 13

A redução ocorreu nas rodovias sob concessão e o programa foi uma iniciativa da ARTESP, Corpo de Bombeiros, órgãos estaduais e iniciativa privada.

Foto: Flickr / Creative Commons / Rodrigo Correia

Foto: Flickr / Creative Commons / Rodrigo Correia

O número de queimadas nos 6,3 mil quilômetros das rodovias sob concessão do Estado de São Paulo teve queda de 22,6% entre junho e agosto, meses de inverno que tradicionalmente são mais secos e concentram o maior número de ocorrências. Um dos motivos da redução substancial foi a Operação Corta Fogo realizada pela Artesp – Agência do Transporte do Estado de São Paulo em conjunto com órgãos como Secretaria do Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual.

Entre os meses de junho e agosto foram identificados 1582 pontos de queimadas na região, enquanto em 2012 o número foi de 2045 ocorrências. Julho registrou a queda mais significativa, com redução de 39,6%, o que evidenciou o grande trabalho realizado pelas autoridades competentes. Agosto, por exemplo, apresentou 23,5% menos casos – de 1290 para 986. De todos os meses que passaram pelo estudo, o único que apresentou aumento foi junho (quando teve início a campanha) – de 169 para 242.

Além do prejuízo ambiental, a fumaça nas estradas diminui consideravelmente a visibilidade dos motoristas e aumenta o risco de acidentes.Durante a campanha, foram distribuídos dois milhões de panfletos sobre o tema. O material mostrava ao motorista, inclusive, que uma das principais causas das queimadas são as bitucas de cigarros arremessadas pela janela dos veículos. Os impressos continham ainda telefones de emergência para que o usuário acionasse a concessionária da rodovia em que estava trafegando ou o Corpo de Bombeiros, caso se deparasse com incêndios à beira da estrada.

Tags:

Deixe uma resposta