Atron reforça a tradição da Mercedes com força e robustez

31 / 10 / 13

Destaque fica por conta do recente modelo 1719 4×2 nas versões Bebidas, Plataforma e Basculante.

Como não poderia deixar de ser, uma das grandes atrações do estande da Mercedes-Benz na Fenatran 2013, está sendo a exposição da família Atron que, além das cabinas avançadas, mantem a tradição dos caminhões “bicudos” e oferece soluções em transporte para os segmentos de médios, semipesados e extrapesados, atendendo múltiplas aplicações e oferecendo o essencial para realizar o trabalho com eficiência e máxima disponibilidade.

O destaque entre os caminhões Atron é a versão 1719 4×2 para o setor semipesado, lançada recentemente nas versões Bebidas, Plataforma e Basculante, todos equipados com tecnologia BlueTec 5, o que propicia baixo índice de emissões, reduzido consumo de combustível e maiores intervalos para a troca de óleo.

Para a distribuição de bebidas, o Atron chega com um kit especial para facilitar, agilizar e reduzir o custo de implementação. Este kit é formado por dois cardans adicionais, chicote elétrico, tubulação de combustível e tubulação pneumática alongadas, além de mola curta e reforçada na suspensão traseira, ideal para caminhões que transportam bebidas com carroceria rebaixada.

Na versão basculante, o Atron 1719 possui distância de entreeixos de 3.600 mm e já sai de fábrica com tomada de força no câmbio, sendo indicado para básculas de até 7 m3 para o transporte de areia, terra, pedra e cascalho, entre outros.

O modelo tipo plataforma, por sua vez, tem distância entreeixos de 4.830 mm, permitindo a instalação de carroçarias de até 7,20 metros de comprimento e pode receber diversos tipos de implementos para a distribuição urbana de carga e transporte rodoviário, sendo os mais comuns o furgão de alumínio (baú), a carroçaria aberta carga seca e o sider.

Para completar, quem opta por qualquer uma das versões 1719 tem a vantagem de os veículos já estarem preparados para a instalação terceiro eixo, que é montado por implementadores especializados, o que aumenta a capacidade de carga do veículo. Com isso, o Peso Bruto Total – PBT do caminhão, que é de 16.500 kg na versão 4×2, chega a 23.000 kg na 6×2.

Como se não bastasse todos estes atrativos, em 2014 os modelos Atron passarão a ter freios ABS como item de série e disponibilidade do sistema Fleetboard de gerenciamento remoto de frota.

Visite o nosso hotsite e saiba tudo o que preparamos para o evento.

Tags:

6 Comentários:

  1. Altamiro Martins de Siqueira disse:

    Tenho um ATRON 1635 S zero km que ainda não está rodando., Ocorreu um problema que tenho que leva-lo na Concessionária para alongar o chicote elétrico, por que, ao colocar tomada de força e a bomba hidráulica, a mesa teve que ser deslocada para traz e o chicote ficou curto, como o carro é eletrônico e está na garantia, vou levá-lo na MB para fazer o alongamento. Obs: A fábrica pode corrigir este problema colocando um chicote mai longo.

  2. Marcelo Moreira disse:

    Este caminhão é um diferencial no mercado… muito bom… o que falta no 1719 e 2324 é o ar condicionado, isso faz diferença.

    • Mercedes-Benz disse:

      É isso aí, Marcelo! Os modelos da Linha Atron conquistam cada vez novos admiradores e cativam ainda mais os clientes habituados ao design e potência dos modelos Tradicionais. Sua sugestão foi encaminhada para as áreas responsáveis para conhecimento. Abraços!

  3. mario battisti disse:

    Amigo , quero saber quanto pesa um caminhão 1719 Atron 2013
    somente o caminhão sem carroceria .
    aguardo retorno
    Mario

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK