Mercedes-Benz produz cartilha de Manutenção de Freios de Carreta

11 / 12 / 12

Folga entre lona e motor e vazamento de ar comprimido podem comprometer a frenagem dos implementos.

Muitos condutores realizam manutenção apenas dos freios do cavalo mecânico, não se preocupando em fazer a revisão periódica do implemento que rebocam. Este tipo de negligência faz com que o freio do caminhão fique com o trabalho de parar também o semi reboque.

Uma pesquisa realizada pela Mercedes-Benz constatou que 100% das carretas analisadas estavam equipadas com freio a tambor e, entre esses, 50% tinham folga entre a lona e o tambor acima do valor especificado que é de, no máximo, 0,7 mm. Para se ter uma ideia do risco que este detalhe produz, basta saber que uma folga de 2 mm, por exemplo, faz com que a força de frenagem perca 90% de sua eficiência e a distância total do processo de parada aumentou em 26%.

Por esses e muitos outros fatores a área de Global Trainning da montadora produziu a cartilha “Manutenção de Freios de Carreta”. O material traz dicas valiosas para o condutor atentar para o sistema de frenagem da composição, como verificar as espessuras das lonas e condições dos tambores de freios e observar sempre o desgaste dos pneus.

Além disso, o motorista deve observar os seguintes fatores:

– Buchas de hastes desgastadas;
– Mancais de hastes desgastadas;
– Pinos gastos;
– Falta de lubrificação;
– Folgas excessivas em componentes mecânicos;
– Falta dos espelhos de proteção contra impurezas das lonas de freio.

O vazamento de ar comprimido é outro problema que pode obrigar o compressor a trabalhar mais, reduzindo sua vida útil e aumentando o consumo de combustível. Para ficar por dentro de todo o conteúdo, entre em contato com um concessionário Mercedes, solicite sua cartilha e também informe-se sobre os cursos de reciclagem profissional oferecidos pela área de Global Trainning.

Tags:

10 Comentários:

  1. monica disse:

    olá vcs poderiam me enformar onde posso comprar a cartilha de ecomia de freios pois nao consegui encontrar ainda obrigada aguardo resposta

  2. Nilson da Silva Lourenço disse:

    Olá meus amigos Mercedes Benz???Trabalho com um bruto 3344 só tem elogio mas um porem ele é muito rústico haja coluna para tanto trancos….Um abraço fiquem com deus boas festas e feliz 2013…haaa um detales porque ñ eleminem aquele porta luvas das portas só juntão muitas sujeiras….

    • Mercedes-Benz disse:

      Obrigado pelo seu comentário, Nilson!

      Caso perceba alguma dificuldade em seu veículo, pode encaminhá-lo a um de nossos concessionários para análise. Para ver os contatos acesse o link: http://migre.me/czNbj. Encaminhamos a sua sugestão ao setor responsável para apreciação.

      Abraços e feliz ano novo!

  3. Dalvan lopes disse:

    Boa ideia.

  4. celso bezerra da silva disse:

    Oi TUDO BEM! ADOREI ESTA IDEIA POIS O MOTORISTA DEVE SIM FAZER REVISÃO DE TODO SISTEMA DE FREIOS DA CARRETA E NÃO SÓ DO CAVALO POIS COMO TODO BOM PROFICIONAL DO TRECHO SABE O VALOR EM TER SEU MERCEDES BENZ BEM REVISIONADO PARA MAIS UM DIA DE TRABALHO.PARABÉNS PELA IDEIA. E HUM ABRAÇO FORTE.

    • Mercedes-Benz disse:

      Olá pessoal! A Mercedes-Benz está sempre inovando. Mas, quando a questão é segurança, não podemos tratá-la como item opcional. Por isso, concentramos nossos esforços para oferecer produtos cada vez mais seguros, com equipamentos eficientes e de fácil manutenção. E, mesmo que a carreta não seja produzida por nós, sabemos que ela também requer cuidados e manutenção e, colaborar na prevenção de acidentes é dever de todos. Para conferir as dicas de manutenção e regulagem dos freios, consultem a disponibilidade da cartilha em nossa rede credenciada. Abraços. (Genésio, Izaias, Eduardo e Celso)

  5. eduardo caetano disse:

    como eu regulo o freios

  6. izaias luiz disse:

    muito bom isso eu sou carreteiro e tenho muitoo cuidado com os freios da carreta hojé mesmo regulei os meus

  7. genesio disse:

    parabéns,pelas inovasões.trabalhei muito com sistema de freio..gostaria de saber se tem muitas mudanças

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK