Mercedes-Benz e SENAI formam quase 2.000 alunos em Juiz de Fora

03 / 03 / 15

Ao todo, 51 turmas concluíram os cursos de Aprendizagem, Técnico e de Qualificação para atividades no setor automobilístico e outras áreas da indústria na região.

MB_Blog_03032015

Os cursos de qualificação e o desenvolvimento profissional de jovens da Mercedes- Benz e o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) formaram quase 2.000 alunos em Juiz de Fora, Minas Gerais, em 2014. O programa existe há 20 anos, antes mesmo da inauguração da planta em 1999, e já formou cerca de 20 mil alunos na cidade.

A instituição educacional denominada Centro Integrado de Desenvolvimento do Trabalhador Luiz Adelar Scheuer, localizada ao lado das instalações da Mercedes-Benz desde 2002, é hoje utilizada para a aplicação de cursos que levam conhecimentos específicos da área industrial aos participantes.

A fábrica, que produz os caminhões leves Accelo e os extrapesados Actros é uma das mais modernas da indústria automobilísticas da América do Sul e disponibiliza alguns equipamentos para a realização dos cursos no SENAI. Após a conclusão dos cerca de dois anos do período de aprendizagem, os jovens são encaminhados para participar do processo seletivo nas empresas da região, inclusive na planta da própria Mercedes-Benz.

Ficou interessado e quer participar dos cursos de Aprendizagem Industrial no SENAI da unidade Luiz Adelar Scheuer, em Juiz de Fora? Acesse o site www.fiemg.com.br/senai para se candidatar às vagas. Entre os pré-requisitos estão a idade de 18 anos e estar cursando o 9º ano do Ensino Fundamental ou o Ensino Médio.

Fonte: http://bit.ly/1M3QGAo

 

Tags:

4 Comentários:

  1. Heberty disse:

    Bom dia meu sonho e trabalhar nesa empresa

  2. Gean de Oliveira disse:

    Aqui em BH tem sempre alguma coisa da Mercedes-Benz no Centro Automotivo do Senai.
    O caminhão que temos é um Ford 1722, mas a pouco tempo recebemos um Motor V6, se não me engano, do Actros.

    Queria fazer uma sugestão para os chassis de Ônibus com suspensão pneumática. Seria interessante possuir um sistema ativo auxiliar ?
    Estava pensando eum sistema que endurecesse a suspensão em momentos específicos, como por exemplo em curvas e após passar por desníveis para estabilizar novamente a carroceria.
    O sistema seria composto basicamente por sensores de aceleração e atuadores eletropneumáticos. Ao perceber movimentos indesejáveis do veículo a central poderia acionar solenóides de controle de válvulas de forma a limitar ou evitar tais movimentos.
    Do meu ponto de vista a parte mais complexa seria programar uma boa central. Mas se avaliarmos o bom desempenho da caixa de câmbio do chassis automáticos acredito ser tarefa tranquila para a MB. Correto que existem muitos componentes mecânicos na caixa de câmbio, mas ela não funciona puramente de forma mecânica. Ou funciona ?

    Obrigado.
    Abraço.

    • Mercedes-Benz disse:

      Olá, Gean! Para os chassis de ônibus com suspensão pneumática, temos as válvulas de reguladoras da suspensão, que controlam constantemente a diferença de altura entre as bolsas pneumáticas, mantendo o carro estabilizado. Além disso, nossos chassis de ônibus rodoviários da família O 500 RS e RSD, possuem o sistema eletrônico de estabilidade “ESP”, que em conjunto com o freio eletrônico EBS, compara constantemente a inclinação lateral, a aceleração lateral e longitudinal do veiculo, o ângulo de esterçamento do volante e faz a correção do torque e potencia do motor, em conjunto com os freios, melhorando ainda mais o conforto e a segurança do veículo.

      Quanto as caixas de mudanças automatizadas, o seu funcionamento trabalha com o mesmo principio de uma caixa de mudanças mecânica. A diferença esta no acionamento eletro hidráulico, podendo ou não ter os anéis sincronizadores. Abraço!

Deixe uma resposta

    Nós utilizamos cookies

    Queremos melhorar sua experiência de navegação em nosso site. Ao continuar a utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

    Para mais informações, por favor veja nossa Declaração de Privacidade.

    OK