Contran corrige resolução sobre proibição de bitrenzões

18 / 10 / 12

Texto publicado em setembro era confuso e deixava margens para diferentes interpretações.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) corrigiu o texto da resolução 418, que deixava brechas sobre a proibição de inclusão de eixo auxiliar em semirreboques com comprimento igual ou inferior a sete metros. O objetivo era impedir a transformação dos bitrens tradicionais (com 7 eixos) para os chamados “bitrenzões” (com 9 eixos). Como o texto publicado em setembro era confuso, ainda havia margem para interpretações dúbias, o que permitia que os bitrens continuassem sendo adaptados e rodando pelas estradas do país.

No entanto, o Conselho publicou a Deliberação 129/2012 proibindo definitivamente a instalação de eixo em semi-reboques com comprimento igual ou inferior a 10,5m. Os bitrenzões, que chegam a medir 19,8 metros, são considerados danosos ao asfalto e perigosos para o tráfego.

Tags:

4 Comentários:

  1. JOSÉ DONIZETE disse:

    OS TRANSPORTADORES DO PARAGUAI LUTAM PELA AUMENTO DO PREÇO DO FRETE.
    OS TRANSPORTADORES DO BRASIL LUTAM PELA AUMENTO DE PESO.
    TEM GENTE QUE NÃO ENTENDE QUE QUANTA MAIS AUMENTA A CAPACIDADE DE CARGA, AUTOMATICAMENTE IRA DIMINUIR O PREÇO DO FRETE.
    PRECISAMOS LUTAR POR UM MELHOR PREÇO DO FRETE E PELA DIMINUIÇÃO DOS IMPOSTOS, ASSIM TODOS GANHARAM SEM TER CORRER O RISCO DE ACIDENTES EM VIRTUDE DA ALTURA DOS CAIXOTES DESSES BITRENZÕES.

  2. jose carlos disse:

    em primeiro lugar o governo nao toma uma iniciativa de melhorar a malha ferroviaria no brasil é deficiente não funciona e porque em quanto mais se vende caminhoes mais eles ganham é só neste pais que nos pagamos a metade de um veiculo só de imposto vai funcionar o que neste pais que nem rodovias tem, agora acham de tirar os bitrens 9 eixos isto é só politicagem para venderem mais caminhoes para transportar menos tonelada isto é muito triste nada funciona neste pais se nao tiver especie.

  3. Gean de Oliveira disse:

    Realmente. Concordo com o Denissom Del Vechio.
    Já que o brazil não investe em outras maneiras de transportar certas cargas, como por exemplo investindo no aumento da malha rodoviária, isso se faz necessário.

    O pensamento que justifica esse tipo de transporte é bem simples. Por que eu colocaria dois caminhões pesados para carregar dois trailers se eu posso colocar um extra pesado para levar os dois trailers simultaneamente ?
    Pra você que anda de ônibus como eu. O mesmo pensamento. Ônibus lucrativo é ônibus com passageiro.
    Por maior, gigantesca, que seja minha paixão por automóveis e corridas, dinheiro importa. Sem ele não há negócio, não há empresa, não há produto, não há transporte.

    Del Vechio tocou no assunto relativo a transporte no exterior.
    A Mercedes-Benz tens ótimos caminhões por, dentres outros motivos, ser de um país em que as coisas funcionam.
    É de um país que tem o transporte, a indústria, incluindo a automotiva, … como referência. Gottlieb Daimler é considerado o criador do Automóvel, o automóvel de fato.
    Andar sobre rodas faz parte da cultura Alemã.

    Eu nasci, infelizmente, em um país bem diferente. Mesmo sendo a terra natal de uns dos melhores pilotos de Formula One de todos os tempos, no brazil pilotar é uma coisa muito impossível (sou de uma família de classe média).
    Se engana se pensas que é uma questão exclusivamente financeira.
    Antes disso é uma questão cultural.
    Convencer meu pai a me ajudar a correr é mais difícil que conseguir patrocínio. Pelo menos é o que dizem.

    Não me envergonho de dizer que o meu maior ídolo de todos os tempos é Michael Schumacher e nem de dizer que se pilotasse iria me orgulhar em carregar a bandeira preta, vermelha e amarela.

    Desculpem-me pelo tamanho comentário. Mas o tema me lembrou onde moro e quem sou.

  4. DENISSOM DEL VECHIO disse:

    EU ACHO MUITO INTERESSANTE O PENSAMENTO DESSAS PESSOAS, O CONSELHO ACHA QUE ESSE TIPO DE REBOQUE É DANOSO AO ASFALTO E PERIGOSO PARA O TRAFEGO, É SIMPLES , É SÓ O GOVERNO MELHORAR AS CONDIÇÕES DE ADMINISTRAR O DINHEIRO PUBLICO E MELHORAR A MALHA DE RODAGEM DO BRASIL POIS EU TENHO CERTEZA QUE NO EXTERIOR EXISTE ESSE TIPO DE CARRETA E NINGUÉM PROÍBE DE RODAR.

Deixe uma resposta